Google Analytics e e-commerce: entenda essa parceria

Que o e-commerce é um ótimo tipo de negócio, não restam dúvidas! Mas como saber se a sua empresa está rendendo tudo aquilo que pode? Aumentar as vendas, consolidar sua marca, conquistar uma posição de destaque no mercado. Esses são objetivos de todo empreendedor e, para isso, traçam diversas estratégias interessantes. Porém, nenhuma delas será suficiente se não houver acompanhamento. É preciso monitorar o desempenho de um negócio para avaliar a eficiência das ações. Nesse sentido, entender a relação entre o Google Analytics e e-commerce é fundamental.

No post de hoje vamos explicar essa parceria, mostrar como o monitoramento do negócio pode trazer benefícios e quais são as métricas que você não deve deixar de acompanhar. Boa leitura!

Google Analytics para E-commerce

A importância de monitorar o e-commerce

O mercado online vem crescendo bastante nos últimos anos. Os consumidores identificaram as vantagens desse canal de compra, com grande facilidade em encontrar seus produtos, comparar ofertas, avaliar a experiência de compra de outros usuários.

Para o empreendedor, utilizar a internet para expor sua marca e produtos serviu para aumentar o número de clientes, melhorar as vendas, expandir a visibilidade da marca e buscar uma posição de referência no mercado.

Com o mercado online, surgiram as estratégias do marketing digital. Elas buscam os objetivos já mencionados, com baixo investimento necessário. Exemplos de técnicas bastante utilizadas são:

  • criação de um blog para divulgar conteúdos;
  • presença nas redes sociais;
  • otimização do site para buscas orgânicas;
  • utilização de influenciadores digitais;
  • entre várias outras.

Porém, para atingir bons resultados em cada estratégia, é necessário acompanhar o desempenho. Não basta criar um perfil ou página nas redes sociais e esperar que seus números decolem. Da mesma forma, não adianta investir em técnicas de SEO se o seu site cria dificuldades aos usuários no momento do checkout.

O monitoramento é fundamental para que você consiga aproveitar todas as oportunidades que o mercado oferece. Sem ele, você pode estar investindo tempo e dinheiro em ações que não trazem resultados positivos. Inclusive, essas ações podem estar gerando prejuízo nesse exato momento!

O Google Analytics e e-commerce

O Google Analytics é uma incrível ferramenta disponível pelo Google. Ela é — e realmente deve ser — bastante utilizada no e-commerce. Com essa ferramenta você pode acompanhar o desempenho do seu site. Entre outras coisas, ela mostra os seguintes pontos:

  • tráfego do site, entre o número de visitantes e visitantes únicos;
  • a origem do tráfego, indicando de onde os seus leads estão chegando;
  • os números de vendas da loja virtual;
  • os números das campanhas de marketing;
  • o retorno das redes sociais.

Esses cinco pontos possibilitam análises profundas sobre as estratégias adotadas. Mas os recursos do Analytics não param por aí. A grande promessa é entender o comportamento dos usuários, do seu público-alvo. Esse é o grande ganho. Com esse conhecimento, cada técnica se tornará mais eficiente, trazendo melhores retornos sobre investimento — ROI.

A utilização do Google Analytics

Para utilizar os recursos, é importante entender como funciona essa ferramenta. Para acessar, você deve criar uma conta. É interessante associar essa conta ao Google Adwords, mesmo se você ainda não tenha anúncios patrocinados.

Depois de configurar a plataforma, você precisa identificar quais serão os seus indicadores-chave, os famosos KPIs.

KPI — Key Performance Indicators — representam os indicadores que são impactantes nos objetivos traçados. Cada negócio define seus objetivos e prioridades e, portanto, não há uma regra ou lista fixa. Apesar disso, algumas métricas podem ser aplicadas em praticamente todos os negócios. Para que você os conheça, vamos mostrar uma lista a seguir.

ROI

O ROI representa o retorno sobre investimento. Cada ação tomada pode demandar investimento financeiro. Um anúncio patrocinado no Google Adwords, a construção de um site otimizado, até mesmo a presença nas redes sociais — apesar de ser gratuito o cadastro, o acompanhamento demanda tempo e dedicação, o que representa investimento.

Então, para saber se cada investimento feito está trazendo bons resultados, é importante avaliar o ROI. O cálculo é bastante simples, veja:

ROI = (Valor obtido – valor investido) / valor investido

Para encontrar o ROI em percentual, basta multiplicar o resultado por 100. Como exemplo, imagine que você obteve 5 mil reais a partir de uma estratégia com investimento de 2 mil reais. O ROI foi de 1,5. Ou seja, o retorno dessa estratégia foi uma vez e meia o valor investido. Dessa forma, calculando o ROI de cada ação você conseguirá identificar o que é mais eficiente e concentrar seu esforço nessas atividades.

Taxa de conversão

Outro indicador que surge na associação do Google Analytics e e-commerce é a taxa de conversão. Ela representa a parcela das oportunidades que o seu negócio está convertendo em vendas. O cálculo se faz da seguinte forma:

Taxa de conversão = Número de vendas / Número de visitantes

Assim como no ROI, você deve multiplicar o valor encontrado por 100 para chegar ao percentual. Esse indicador mostra a eficiência das suas ações. Afinal, não adianta atrair o público para sua loja virtual e não conquistar um bom número em vendas.

Como exemplo, imagine que seu site teve um número de visitantes de 6000, em um período de 30 dias. Nesse mesmo período, a quantidade de pedidos foi de 100. Então, a taxa de conversão foi de 1,7%, próximo à média brasileira, divulgada pela Experian Hitwise, de 1,65%.

CAC

O CAC é o Custo de Aquisição de Cliente. Ele representa o valor necessário para se conquistar um novo cliente. É mais um indicador importante pois você pode calcular o CAC entre diferentes estratégias e avaliar o que é mais eficiente. O cálculo se faz da seguinte forma:

CAC = Investimento somado em vendas e marketing / Número de novos clientes

Imagine que sua empresa investiu 5 mil reais nos setores de vendas e marketing. Nesse mesmo período, foram conquistados 200 novos clientes. O custo de aquisição por cliente foi de 25 reais.

Assim, você deve calcular o CAC para cada estratégia e, além disso, verificar se o gasto médio dos seus clientes está sendo superior ao custo de aquisição. Se não for superior, você está gastando mais para adquirir os consumidores do que eles gastam em seu e-commerce.

O monitoramento do e-commerce e o sucesso do negócio

Como vimos em nosso artigo, Google Analytics e e-commerce devem andar juntos! Para garantir que todos seus passos, todas as decisões sejam tomadas de forma consciente e eficiente, você precisa acompanhar o desempenho do negócio.

O Google Analytics permite acompanhar o andamento de cada KPI. Ainda, pode-se comparar os efeitos de diferentes estratégias, a fim de otimizar as campanhas.

É importante deixar claro que o Analytics não vai resolver os seus problemas. Mas ele indica onde eles estão para que você consiga tomar ações eficientes.

O que achou do nosso artigo? Como você usa o Google Analytics? Deixe seu comentário no post e participe dessa discussão.

Deixe seu comentário

Equipe Atlas

Democratizando a Business Intelligence com Atlas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *