E-commerce radar Moda e Acessórios: perfil dos compradores

Segundo dados do Google, o mercado de moda já movimenta cerca de R$150 bilhões de reais. Levando também em consideração o potencial de captura por pesquisas online de R$15 bilhões. Com números tão expressivos, nota-se que o perfil dos compradores de e-commerce tem passado por transformações.

Como não poderia ser diferente, levando em conta o potencial do comércio online no País, o e-commerce de moda tem se tornado uma ótima opção para empreendedores do ramo. E a melhor forma de não ficar para trás,  é apostar nas necessidades do consumidor online.

perfil-dos-compradores-compras

O e-commerce de moda vem ganhando cada vez mais espaço no comércio eletrônico brasileiro. O que antes era considerado um tabu, hoje em dia é uma forte tendência. E o perfil dos compradores tem demonstrado satisfação ao consumir moda online. Com base nesse bom resultado, o e-commerce de moda mostrou-se promissor para as marcas e lojas desse setor.

Esse crescimento também pode ser explicado pelo fato dos consumidores estarem mais confiantes em fazer esse tipo de compra por internet.  Além disso, uma das grandes vantagens do comércio eletrônico de moda é o uso de pagamentos que garantem a segurança das compras.

Outro grande atrativo do e-commerce de moda é a facilidade na entrega e na troca. A grande maioria dos sites focam no item qualidade quando se fala na experiência do consumidor online. Ter cuidado para que o produto chegue em perfeito estado para o cliente é uma das premissas para fidelizar esse novo perfil dos compradores.

Panorama do perfil dos compradores

perfil-dos-compradores

O público feminino se mantém maioria nas vendas online (quando olhamos o perfil de compra de todas as categorias), mas em especial para moda e acessórios. Muito se dá pelo aumento das vendas via dispositivos móveis terem crescido dentre as mulheres. Visto que muitas das marcas aproveitaram o ensejo social para sair apenas das vendas offline. Para isso adaptaram linguagem, layout, utilizam de influenciadores digitais e suas redes sociais.

O perfil dos compradores em sua maioria, é jovem (de 25 a 34 anos) e decisor da compra. Embora as regiões tenham perfis diferentes de consumo de moda.  A venda segue concentrada no Sudeste, onde o acesso à banda larga e rede 3G é maior e melhor além de os principais varejistas já terem iniciado as vendas online há, pelo menos, 2 anos.

Porém, o cliente de moda em regiões como Nordeste, mesmo que em outro perfil de consumo da categoria, vem pressionando o varejo para que não os deixem de fora. Passados muitos dos desafios tecnológicos, o e-commerce atua nos desafios logísticos para que o crescimento seja ainda mais expressivo.

  Renata Khaled -Coordenadora de E-commerce

Ficar atento ao conteúdo que será disponibilizado no site também é uma etapa importante no processo de compra. Pois, o público que consome moda geralmente entende bem do assunto. Por isso, ter um assunto útil e relevante com uma linguagem apropriada, é fundamental para se tornar referência nesse mercado.

Como podemos perceber, o engajamento de compras através dos dispositivos móveis tem crescido entre os consumidores. Esse é mais um motivo para adaptar a linguagem do seu site de maneira atrativa e objetiva. Pois o mercado está cada vez mais competitivo, justamente para atender a forte demanda do seu público.

Gostou desse post e quer saber mais informações sobre o e-commerce brasileiro? Acesse o estudo completo clicando aqui

Deixe seu comentário

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *