E-commerce Radar: Taxa de Rejeição por Categoria

A Taxa de Rejeição (ou Bounce  Rate, no inglês) é um termo que nem todos entendem na primeira vista. Mas, com certeza, vou já se assustou ao acessar os relatórios do Google Analytics e ver que certas origens de tráfego tinha algo como 80% de rejeição.

Mas afinal, o que é taxa de rejeição? Como esse dado é obtido pelo Google?

Na definição do próprio Google, “o cálculo da taxa de rejeição é feito com a divisão das sessões de página única por todas as sessões. Ou seja, ela é a porcentagem de todas as sessões do seu site nas quais os usuários visualizaram somente uma página”.

Em outras palavras, quando um usuário acessa seu site e não interage com mais nada, não vê nenhum produto, não acessa nenhuma outra página além da primeira que o levou ao seu site, e sai, isso é considerado uma rejeição. A taxa é a simples divisão do total de rejeições pelo total de visitas.

Uma taxa de rejeição alta é ruim?

Depende. Se seu site depende da visualização de mais de uma página, característica fundamental do comportamento em lojas online, ela é muito importante. Por exemplo, se você tem um fluxo além do normal de usuários que acessam a página inicial (porta de entrada para a navegação nas categorias e nos produtos) e abandonam seu site ao visualizar apenas essa página, então você precisar fazer uma análise profunda do seu site para entender os motivos disso.

Mas, claro, a taxa de rejeição nunca é de 0%. Existe um equilíbrio que você deve considerar para entender se sua taxa de rejeição está dentro do normal. Esse estudo vai te ajudar exatamente nisso, ao disponibilizar a média de lojas do seu segmento para efeito de comparação.

Metodologia do estudo

A metodologia para o estudo envolve principalmente a agregação dos dados de vendas de mais de 700 lojas online conectadas ao Atlas, nossa ferramenta de inteligência para e-commerce. A base para o estudo contempla dados de lojas de todos os portes e com a representatividade necessária para garantir alto nível de confiança das informações.

Os dados são anonimizados e agregados para garantir a segurança das informações dos lojistas.



Consolidado parcial de taxa de rejeição

O primeiro infográfico apresenta a taxa de rejeição para cada categoria monitorada no período de janeiro a maio de 2017. Veja e compare os resultados da sua loja com a respectiva categoria.Taxa de Rejeição Ecommerce

Evolução da taxa de rejeição de janeiro a maio de 2017

O próximo gráfico apresenta a evolução mensal da taxa de rejeição para cada categoria no período analisado.

Se junte aos mais de 15.000 profissionais de e-commerce que acompanham nossos conteúdos!

 

 

Deixe seu comentário

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. 16 de agosto de 2017

    […] taxa de rejeição pode soar, ao primeiro instante, como algo negativo, que não deveria existir de forma alguma […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *